tradução ausente: en.general.general.skip_content

Seu carrinho

Fechar carrinho

Plasma, Matéria e a Projeção da Realidade: Parte II

Dr. Joe Dispenza / 16 de Julho de 2021

Plasma, Matter, and the Projection of Reality: Part II

“Apesar do ceticismo da academia, foi dito que a UE (Teoria do Universo Elétrico) é uma revelação no mesmo nível do trabalho de Copérnico e Galileu ou da física quântica no início do século passado.”

~ Eileen Day McKusick, Ajustando o Biocampo Humano

Por um momento, contemple o que místicos, mestres e sábios têm dito há milhares de anos - nossa realidade tridimensional física é uma ilusão. Se eles estiverem realmente certos, existe alguma ciência para apoiar essa afirmação?

In Parte I, discutimos os quatro estados da matéria: sólidos, líquidos, gases e plasma. O plasma é feito de partículas subatômicas suspensas com carga positiva e negativa que, quando separadas umas das outras, criam campos eletromagnéticos de atração e repulsão, semelhantes a um ímã. Com o plasma compreendendo até 99% de toda a matéria, você teria que se perguntar:

Por que existe tanto no universo?

Antes de continuarmos, há três pontos principais que quero que você considere em relação às ondas e frequências das ondas:

1) A frequência e os comprimentos de onda estão em uma relação inversa constante.
Quanto maior o comprimento de onda, mais lenta é a frequência; quanto mais curto for o comprimento de onda, mais rápida será a frequência. Por exemplo, as ondas de rádio têm uma frequência mais lenta e um comprimento de onda mais longo do que os raios X, que têm uma frequência mais rápida e um comprimento de onda mais curto.

2) Todas as ondas carregam informações.
Continuando com nossa analogia, as ondas de rádio carregam informações incorporadas que podem ser decodificadas por um receptor de rádio e transduzidas em sua música favorita.

3) Todas as ondas precisam de um meio para atravessar.
Quando você ouve música na sua sala de estar, as ondas sonoras viajam pelo espaço da sala, no entanto, o meio que transporta as ondas é o ar (um gás). Dito de outra forma, todas as formas de matéria - do gás ao sólido, ao líquido e até mesmo o plasma - são os meios pelos quais as ondas de frequência viajam.


Com isso dito, para entender como os comprimentos de onda de energia diminuem da origem ou da singularidade para a densidade, temos que mudar a forma como percebemos essas ondas. Geralmente, quando imaginamos imagens ou gráficos de ondas que transferem energia, tendemos a pensar em cristas e vales ondulantes, como ondas no oceano. As ondas de plasma, no entanto, são muito mais complexas. Elas parecem muito mais ordenadas, geométricas e holísticas. Isso porque são ondas estacionárias coerentes de frequências que se cruzam e transportam informações codificadas - informações que contêm as instruções ou os projetos, a planta baixa, da matéria.

Quando as ondas de plasma coerentes interferem construtivamente umas nas outras, como um belo caleidoscópio rítmico e em constante mudança, elas formam padrões fractais de informação codificada que informa tudo físico ou material. De pinhas a conchas, flores, maçãs, tecido pulmonar, formato de orelhas - até mesmo ao universo em espiral - esses padrões fractais redundantes são encontrados em todo o mundo físico. A constante matemática que descreve isso foi descoberta pela primeira vez pelo filósofo e matemático grego Euclides em 300 aC. Hoje é conhecido como Proporção Áurea ou Média Áurea.

Uma vez que a velocidade da luz é o teto de nossa realidade tridimensional - o que significa que qualquer coisa física ou material que viaja ou vibra acima da velocidade da luz se torna energia - então faz sentido que, bem quando a energia da fonte desacelera para a velocidade de luz, plasma torna-se o meio para frequências coerentes provenientes do campo unificado para formular em padrões ou projetos, a planta baixa da matéria. Esses padrões e projetos ditam que forma particular a matéria assumirá.

De certa forma, esses padrões complexos e geométricos de energia proveniente da fonte estão sendo carregados no plasma e sendo pressionados ou impressos na forma à velocidade da luz (186,282 milhas / segundo). Assim, as moléculas de plasma polarizadas carregadas servem como um design ou projeto pouco antes da matéria se organizar em partículas subatômicas, átomos e moléculas - que então tornam-se sólidas, líquidas ou gasosas. Como mandalas em constante mutação, o plasma é uma matriz viva de cargas elétricas que criam a matéria e a nossa realidade física.

Para entender como esses padrões complexos e interferentes podem se transformar em matéria, imagine pegar três pedras e jogá-las ao mesmo tempo em um prato d'água. Conforme as ondulações das ondas se cruzam, elas criam padrões de interferência coerentes. Se você congelasse esses padrões de ondas interferentes na água - e depois direcionasse um laser (luz coerente) através dos padrões de interferência congelados -, ficaria com um holograma das três pedras. Em outras palavras, as pedras pareceriam uma ilusão suspensas no ar fora do prato d'agua. Para simplificar esta equação complexa de como o mundo físico pode ser criado, a fonte de energia seria o ponto do laser, a luz do laser seria a frequência coerente que carrega informações da fonte, o padrão existente no gelo seria a informação que cria a matéria, e a aparência da matéria seria o holograma da realidade tridimensional.

Vamos olhar de outro ponto de vista. Se você fosse pensar em como um projetor de slides antigo seria usado, a fonte de energia seria a lâmpada, o slide seria o padrão existente na interseção da luz e a imagem projetada na tela seria uma realidade tridimensional .

Tudo isso é para dizer que todas as informações que criam a realidade tridimensional são, na verdade, mantidas em belos padrões coerentes de interferência - suspensos no campo unificado como plasma - que então criam a ilusão da realidade física. Portanto, não e a matéria que está emitindo um campo, é o campo que está criando a matéria.

Se você pode alterar as informações no campo, você pode alterar a ilusão da matéria.

Nós acreditamos em

possibilidade

o poder de mudar a nós mesmos

a capacidade do corpo de curar

o incomum

celebrando a vida

milagres

um amor superior

futuro

atitude

evidência

um ao outro

o invisível

sabedoria

nossos filhos

sincronicidades

liberdade

nossos anciãos

mente sobre a matéria

Você acredita? Junte-se ao movimento

* Ao preencher este formulário, você se inscreve para receber nossos e-mails e pode cancelar a inscrição a qualquer momento